24 de fevereiro de 2014

“Em Família” pode ser menor ainda que o esperado

Depois de “Amor à Vida” ser maior que a Transamazônica, “Em Família” deve seguir pelo outro extremo.

Por: Coisas de Novela

Montagem / Redação POP

Depois de “Amor à Vida” ser maior que a Transamazônica, “Em Família” deve seguir pelo outro extremo.

Segundo alguns colunistas informaram nesse último fim de semana, “Em Família” deve ser encurtada pela Globo. Não por motivos de audiência, e sim porque a novela já sofreu alguns ajustes para ficar um pouco mais ágil, e isso transtornou um pouco a produção da trama. Algumas cenas foram para o lixo e os capítulos escritos por Manoel Carlos chegam bem em cima da hora para os autores. Aquele caos costumeiro de novelas brasileiras.

Com isso, a previsão é de 149 capítulos para “Em Família”, sendo a terceira menor novela do horário (só perdendo para “Os Gigantes” e para os 36 capítulos de “O Fim do Mundo”). O último capítulo deve ir ao ar apenas duas semanas depois do fim da Copa do Mundo, e logo já entra a nova novela de Aguinaldo Silva.

A mudança causou outros reajustes no horário nobre. O seriado “Doutora Priscila” do Aguinaldão foi adiado por tempo indeterminado, e se ficar para o ano que vem terá um problema: Gloria Pires, a protagonista escolhida para interpretar a doutora, já está reservada para a próxima novela de Gilberto Braga e Ricardo Linhares.

No fim das contas, pelo menos deve garantir que “Em Família” fique com uma barriga do tamanho da de “Amor à Vida”. Porque na novela de Walcyr Carrasco, a barriga foi quase a da grávida de Taubaté.