Reprodução

O Canto da Sereia” foi um grande sucesso, tanto de crítica quanto de audiência, e com isso abriu portas. “Amores Roubados” entrou por essa porta.

Aproveitando boa parte da equipe de “O Canto da Sereia”, a nova minissérie também será baseada em uma obra literária nordestina – um conjunto de textos intitulado “A Emparedada da Rua Nova”, publicados em Recife no começo do século passado. Ísis Valverde novamente será a protagonista, Dora, que vive uma paixão secreta (e proibida) com o personagem de Cauã Reymond, e acaba grávida. Poderia ser um final feliz, mas o pai da garota faz aquilo que todo pai faz quando a filha engravida fora do casamento e ele não quer que ninguém saiba: empareda a filha viva. Pois é, não é uma minissérie para crianças.

Além de Ísis, retornam para “Amores Roubados” o diretor José Villamarim e o autor George Moura, que também fizeram “O Canto da Sereia”. A Globo ainda não decidiu quem irá interpretar o pai assassino de Dora, mas as gravações começam em julho, então é provável que logo seja divulgado o elenco completo. “Amores Roubados” deve estrear no começo do ano que vem.

Enquanto esperamos imagens da nova minissérie, relembre o maior sucesso de Sereia, com Isis toda diva trabalhada na energia baiana: